sexta-feira, 27 de julho de 2018

Dash supera Bitcoin e Ethereum na Venezuela; inflação no país pode chegar a 1.000.000%

Ola! 27-07-2018
Uma recente estimativa divulgada pelo FMI (Fundo Monetário Internacional) aponta que a inflação na venezuelana pode chegar ao número exorbitante de 1.000.000% (um milhão por cento) até o final deste ano.
Uma das principais causas da inflação desenfreada é a queda na produção do petróleo, como revelou com exclusividade ao Criptomoedas Fácil o Diretor do FMI na América Latina Alejandro Werner:

“QUANTO AO PETRO, AINDA NÃO ESTUDAMOS DETALHES. O PRINCIPAL PROBLEMA COM A VENEZUELA É A QUEDA NA PRODUÇÃO DE PETRÓLEO BRUTO, ASSIM,
INDEPENDENTE DE COMO VOCÊ REALIZA ESSAS EXPORTAÇÕES, O FATO É QUE VIMOS UMA QUEDA NA PRODUÇÃO DE PETRÓLEO NOS ÚLTIMOS 18 MESES QUE TEM SIDO ESPETACULAR. A PRODUÇÃO DIMINUIU EM 50% EM UM PERÍODO MUITO CURTO DE TEMPO, APESAR DO AUMENTO NOS PREÇOS DO PETRÓLEO”, DISSE ELE.

FREEBITCOIN - O maior e mais famoso faucet GRATUITO: Ganhe Bitcoin de hora em hora - Ganhe com referidos - Ganhe cerca de 5% ao ano - Loteria de Bitcoin - O Maior e mais famoso Faucet + Poupança de Bitcoin do Mundo - Cadastro Grátis!

Este cenário tem levado muitos venezuelanos a optarem por criptomoedas para pagamentos cotidianos como forma de fugir da hiperinflação e como reserva de valor. Entre as criptomoedas preferidas dos cidadãos do país está a Dash, que superou o Bitcoin, o Ethereum e outras top 10 criptomoedas em termos de adoção. Atualmente, mais de 500 comerciantes no país agora aceitam Dash para pagamentos, incluindo imóveis da Remax Venezuela, motocicletas na franquia Motos Bera e nas lojas da padaria Susy Cookies.
O crescimento do uso de Dash permitiu que os venezuelanos escapassem dos efeitos da hiperinflação, que recentemente atingiu a marca de um milhão no índice ‘Bloomberg Cafe Con Leche”, o que significa que uma única xícara de café custa um milhão de bolívares. Por outro lado, a Dash apreciou mais de 2.000% desde janeiro de 2017, apresentando uma saída para os venezuelanos em dificuldades. Além disso, a criptomoeda fez uma forte campanha de adoção no país e conta com mais de 50 funcionários na nação, espalhados nas divisões Dash Help, Dash Merchant, Dash Venezuela e Dash Youth. Tudo isso refletiu em uma expansão em massa que resultou em mais de 10 mil usuários e uma integração no cotidiano para pagamentos superando em números as principais criptomoedas do mercado como Bitcoin e Ethereum, além do próprio token venezuelano “El Petro”.

“A CRIPTOMOEDA DASH E A COMUNIDADE FIZERAM A MAIOR CONTRIBUIÇÃO PARA O NOSSO PAÍS. OS NÚMEROS FALAM POR SI”, DISSE O CHEFE DE NEGÓCIOS EM DESENVOLVIMENTO DA MERCHANT VENEZUELA, ALEJANDRO ECHEVERRÍA.

A Cryptobuyer, uma empresa latino-americana de troca de criptomoedas, caixas eletrônicos e empresas de soluções de comércio, informa que Dash está frequentemente entre as duas principais criptomoedas mais usadas na plataforma e é atualmente a principal.
“A CRYPTOBUYER FOI A PRIMEIRA PLATAFORMA NA AMÉRICA LATINA A INTEGRAR A DASH NO INÍCIO DE 2017, BEM COMO A PRIMEIRA A OFERECÊ-LA NA VENEZUELA. TODOS OS MESES, VEMOS COMO O BITCOIN E A DASH LUTAM PELO MAIOR VOLUME DE NOSSAS OPERAÇÕES, MAS QUANTO AO MAIOR NÚMERO DE TRANSAÇÕES, A DASH ESTÁ GANHANDO NESTE MOMENTO”, DISSE O CEO DA CRYPTOBUYER, JORGE FARIAS.

FONTE:
https://www.criptomoedasfacil.com/dash-supera-bitcoin-e-ethereum-na-venezuela-inflacao-no-pais-pode-chegar-a-1-000-000/

Visite Nosso Canal no You Tube!
Inscreva-se!

Siga a Gente no Google + 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cotação AO VIVO